Voltar

Conexão UFPE fala sobre buracos negros

Convidados são Bruno Carneiro da Cunha, professor do Departamento de Física da Universidade, e Antônio Miranda, astrofísico e professor da UFRPE

No início deste mês, a Nasa divulgou pela primeira vez o som de um buraco negro que está localizado no aglomerado das galáxias de Perseu, a 250 milhões de anos-luz de distância do nosso planeta. E somente alguns dias depois, a National Science Foundation apresentou ao mundo a primeira imagem do buraco negro supermassivo que existe no centro da nossa galáxia: o Sargitário A*. As duas descobertas se unem à foto histórica registrada em 2019 do buraco negro da galácia Messier 87 que foi considerada a prova cabal da existência dessas regiões do espaço que possuem um campo gravitacional tão intenso que nem a luz consegue escapar.
 
Fato é que, ao longo dos anos, buracos negros vêm despertando a curiosidade de cientistas e leigos. O que será que tem dentro de um buraco negro? Ele poderia ser uma porta para outro universo? Então hoje o Conexão UFPE de hoje (19), produzido pela Assessoria de Comunicação da Universidade, vai tentar matar um pouquinho essa curiosidade. Os convidados do programa são Bruno Carneiro da Cunha, professor do Departamento de Física da Universidade, e Antônio Miranda, astrofísico e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).
 
 
O Conexão UFPE também vai ao ar amanhã (20), às 13h, na Rádio Universitária FM, na frequência 99.9 mHz e no site da emissora
 
Conexão UFPE nas plataformas digitais
 

YouTube 
Spotify 
Mixcloud 
Deezer
Apple Podcasts
Amazon Music 
Google Podcasts 

 
 
Data da última modificação: 19/05/2022, 17:46