Voltar

Independência da Nigéria é tema de mesas-redondas virtuais promovidas por grupo de estudos da UFPE

Inscrições para o evento, que ocorrerá de 2 a 16 de outubro, começam na próxima segunda-feira (21)

Os 60 anos da independência da Nigéria serão tema do “I Encontro do Grupo de Estudos Afrika’70” da UFPE, a ser realizado de 2 a 16 de outubro. Organizado pelo curso de licenciatura em História e Grupo de Estudos em História da África Contemporânea UFPE, e com o tema “60 Anos da Independência da Nigéria em perspectiva”, o evento tem o objetivo de promover, através das plataformas virtuais, encontros e discussões entre pesquisadores, professores, estudantes e artistas, promovendo reflexões acerca de aspectos da história contemporânea do país africano. O formulário de inscrição para participar como ouvinte das mesas-redondas virtuais será disponibilizado no Instagram do evento na próxima segunda-feira (21).

Tendo estudantes e professores de História como público-alvo, o evento terá duas mesas-redondas por dia, às 18h e às 19h, e disponibilizará certificado de participação de 14 horas.

Por muito tempo sede de inúmeros reinos e impérios, o estado moderno da Nigéria tem suas origens na colonização britânica da região durante final do século XIX a início do XX. O país tornou-se independente em 1960, mas, alguns anos depois, mergulhou em uma guerra civil cujos reflexos são perceptíveis até hoje em sua sociedade. Desde sua independência, alternam-se no comando da nação governos civis democraticamente eleitos e ditaduras militares, sendo que apenas as eleições presidenciais de 2011 foram consideradas as primeiras a serem realizadas de maneira razoavelmente livre e justa. A Nigéria é muitas vezes referida como “o gigante da África”, devido à sua grande população e economia. Com cerca de 174 milhões de habitantes, é o país mais populoso do continente e o sétimo país mais populoso do mundo. O país tem sido identificado como uma potência regional no continente africano, com particular hegemonia sobre a África Ocidental.

Mais informações
Instagram 
ieafricaufpe@gmail.com

Data da última modificação: 17/09/2020, 17:39